13 de junho de 2012

Essa minha alma cigana...

Essa minha alma cigana ainda vai me levar além.

Queria um pouco de ordem nesse caos todo. Mas que ordem? Para uma pessoa normal caos é essa minha mudança geográfica constante, já um cigano tem isso como ordem. Caos seria ter raízes e se manter fixo num único lugar, numa única casa, numa única decoração e numa única cor de cabelo.

Eu necessito de mudanças. Não as bruscas, porque destas eu tenho medo. Mas as planejadas com certa calma. Não muita, pois assim eu pensaria demais e desistiria por pura preguiça.

Além da cigana há uma preguiçosa em minha alma.

Mas quero falar de mudanças... Já cansei daqui. Cansei porque já ta tudo igual. Não tem mais emoção. Já tô com preguiça do mesmo. E sim, aqui também tem o mesmo. Eu sei que isso passa e que vou sentir falta (assim como sinto falta da Lama). Mas hoje me deu vontade de mudar de país. Quero ouvir outro idioma da hora que eu acordar até a hora que eu dormir. Sem prazo pra voltar, pois pode ser que eu goste e queira ficar, como pode ser que eu canse em uma semana.

Porque ordem não existe, e eu nem a aguentaria... E o caos se faz presente até mesmo na mesmice. 

Nenhum comentário: