15 de março de 2011

[sem título]

Coloquei a culpa na minha falta de sentimentos para a minha falta de assunto. E agora, que tô transbordando amor, não consigo escrever.

Tô com tanto tesão pra gozar, que me falta tesão pra criar. Acho que desgostei de escrever. Talvez eu tenha gostado tanto de fazer outras coisas, que desapeguei dos feitos antigos.

Creio já ter mais de um ano que não escrevo crônica.

Não, exagerei. Ano passado teve até concurso.

A verdade é que tô apaixonada e não sei como dizer isso. Porque travei até meus pensamentos por gostar de mais de uma pessoa que eu sabia que não gostava de mim. Acho até que um dia gostou, mas aí eu dei uma de macho bem resolvido e espantei o cara fazendo com que ele fosse cachorro outra vez.

E eu só queria amor.

Cansei desse papo de esperar pra ver no que vai dar, sendo que preciso uma decisão rápida pra saber se continuo dando.

No mais, fico aqui, as 02:42 da madrugada, esperando o sono chegar para o dia mudar e tudo melhorar para eu ver no que vai dar.

Um comentário:

Ariela Venâncio disse...

- Dar tempo para que? O tempo nunca vai te esperar.